INTERCÂMBIO CULTURAL





HIGH SCHOOL

O Intercâmbio Cultural é a melhor experiência na vida de um adolescente. O intercambista freqüentará uma escola pública nos Estados Unidos, cursando parte do Ensino Médio. Estudando em uma escola pública americana e morando com uma família típica do país, o jovem poderá adquirir conhecimentos, maturidade, aprender sobre o estilo de vida americano, e principalmente, aprender o idioma fluente. Atualmente, o Intercâmbio Cultural no currículo profissional é uma enorme vantagem no mercado de trabalho desde jovens no ensino básico até experientes executivos, existindo cursos e programas específicos para cada um deles.
O objetivo do programa é o amadurecimento do intercambista, mostrando uma nova cultura, hábitos e melhorando seu desempenho no inglês. A partir do inglês fluente, o intercambista estará apto a obter emprego em qualquer lugar do mundo.

PRÉ-REQUISITOS

Idade entre 15 e 18 anos.
Boas notas na escola (Brasil) nos últimos 3 anos.
Falar inglês acima do nível básico até a data do embarque.
Espírito para desafios e maturidade para suportar os obstáculos.
Família preparada para apoiar e ajudar o intercambista na conquista dos seus objetivos, enquanto o mesmo estiver no exterior. Toda a família tem que estar de acordo com esta experiência e não criar obstáculos para o intercambista e para o programa.

INTERCAMBISTAS DE OUTROS ESTADOS...
A LAGETUR aceita intercambistas de qualquer cidade do Brasil. No embarque, todos se encontrarão no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

CIDADES ONDE O INTERCAMBISTA LAGETUR PODERÁ MORAR
O intercambista poderá morar em qualquer cidade no território americano, não tendo distinção a respeito de localização, poder econômico, características sociais e étnicas. O programa se compromete a colocar o intercambista em uma cidade dentro do território americano, indiferente das características acima citadas. Normalmente, as casas localizam-se em cidades onde existe um representante de área da organização. Na maioria, as cidades são de tamanho médio, e com toda a infra-estrutura. Em alguns casos, os intercambistas poderão ser encaminhados para cidades bem pequenas ou até fazendas. No caso de fazenda, é quase certo que acontecerá somente com aqueles intercambistas que tenham mencionado no dossiê, o interesse por este tipo de experiência.

É POSSÍVEL O INTERCAMBISTA ESCOLHER SUA CIDADE?
O programa não permite que o intercambista escolha estado ou cidade. Em casos especiais, poderá ser direcionado para determinada região. Isso acontece, porque a escolha de um estado ou cidade não garante que o intercambista irá adaptar-se ou ter família melhor. A partir do momento que o intercambista tem uma boa família, é um ótimo aluno e tem amigos, qualquer cidade em qualquer lugar, torna-se agradável.

 


FAMÍLIAS TÍPICAS NOS ESTADOS UNIDOS

O programa fará o possível para encontrar a melhor família para o intercambista. Normalmente, elas são de classe média. O coordenador de área visita a família que está interessada em hospedar o intercambista, faz entrevistas e aprova a mesma, desde que preencha todos os requisitos exigidos pelo programa. As famílias selecionadas são voluntárias, e não recebem nada em troca. O objetivo é ter uma experiência de vida e aprender uma nova cultura. Se durante a convivência houver incompatibilidade entre intercambista e família, o programa procurará outra residência. Como a nova família certamente terá hábitos e costumes diferentes, o intercambista deverá fazer o possível para adaptar-se aos novos pais e irmãos, bem como, ao novo estilo de vida. Para que a experiência na casa seja um sucesso, deverá lembrar que é membro da família e ajudar sempre que possível, respeitando o estilo de vida dos anfitriões. A partir do momento que o intercambista confundir a casa com um hotel, o mesmo poderá ter problemas de relacionamento. O sucesso do intercambista depende de um bom relacionamento com a família, respeitando as normas e hábitos da mesma. O intercambista deverá adaptar-se ao estilo de vida deles, e não ao contrário.

QUANDO O INTERCAMBISTA RECEBERÁ INFORMAÇÕES SOBRE A FAMÍLIA?
A data para a chegada das informações depende de uma série de fatores: data da entrega de documentos, agilidade do representante de área, tempo para encontrar famílias dentro dos padrões, etc. Geralmente, as informações sobre as famílias começam a chegar em março ou abril, mas, em alguns casos excepcionais, poderão chegar dias antes do embarque. Este não é um procedimento comum, mas eventualmente poderá acontecer.

A ESCOLA NOS ESTADOS UNIDOS

Normalmente, nos Estados Unidos, as escolas públicas tem uma estrutura física melhor que as particulares no Brasil. A maioria possui piscina, locais para praticar todos os tipos de esportes e muitas atividades extracurriculares. Se você praticar esportes com qualidade, poderá participar dos times da escola e com certeza, será a melhor forma de fazer amigos. Muitas escolas promovem excursões com grupos de jovens e o intercambista não deve perder esta oportunidade. Além disso, os laboratórios são bem equipados e avançados. Também oferece aos intercambistas, um amigo denominado (Conselour), o qual cuidará dos seus interesses até o final do ano letivo. O intercambista ficará sob a supervisão desta pessoa

QUAIS MATÉRIAS O INTERCAMBISTA DEVERÁ ESCOLHER?

No mínimo cinco (05) matérias que existam no curriculum no Brasil. Exemplo: matemática, inglês, geografia, educação física, biologia, história, etc. O Conselour o ajudará na escolha das matérias.

VALIDADE DAS NOTAS E MATÉRIAS NO RETORNO AO BRASIL

As notas obtidas nos Estados Unidos serão válidas no Brasil por determinação de uma lei Federal. Assim, o aluno jamais perderá o ano letivo.  Mas, se o aluno tirar notas muito baixas e não passar de ano, as notas não serão aceitas no Brasil.

O CRONOGRAMA ESCOLAR DE UM ALUNO DE INTERCÂMBIO

Embarcando na metade do 1º ano do ensino médio, voltará na metade do 2º ano e continuará o 2º no Brasil.
Embarcando na metade do 2º ano do ensino médio, voltará na metade do 3º ano e continuará o 3º no Brasil.
Embarcando na metade do 3º ano do ensino médio, voltará em junho do ano seguinte já formado no ensino médio. O intercambista já poderá fazer o vestibular de julho.

A REUNIÃO TÉCNICA NO BRASIL

Haverá uma reunião técnica com os intercambistas e pais para esclarecer todas as normas do programa. Os intercambistas que aceitam e agem de acordo com estas normas, dificilmente tem problemas.

VALORES

CONSULTAR.





PACOTES EXCLUSIVOS   INTERCÂMBIO   LAGETUR   CONTATO   PACOTES   PASSAGENS

PATAGÔNIA SURPREENDENTE
EUROPA DOS SONHOS
ÁSIA ESPETACULAR
CANADÁ E ALASCA
  ALEMANHA
AUSTRÁLIA
CANADÁ
ESPANHA
ESTADOS UNIDOS
FRANÇA
INGLATERRA
IRLANDA
ITÁLIA
NOVA ZELÂNDIA
SUIÇA

HIGH SCHOOL
  SOBRE A LAGETUR
NOSSA EQUIPE
GALERIA DE FOTOS
  FALE CONOSCO
SOLICITE SUA VIAGEM ATENDIMENTO AGÊNCIAS DO BRASIL

  CRUZEIROS
DESTINOS NACIONAIS
DESTINOS INTERNACIONAIS
RESORTS & LUA DE MEL
  AÉREAS
RODOVIÁRIAS


DISNEY LAGETUR

MATRIZ EM LAGES (SC)
Rua Frei Rogério, 20 – Centro
88502-160 / Lages – SC
Fone: (49) 3221-5800
lagetur@lagetur.com.br
FILIAL EM FLORIANÓPOLIS (SC)
Av. Osmar Cunha, 183 / Ceisa Center – Loja 23
88015-900 / Centro / Florianópolis – SC
Fone: (48) 3224-2264
lagetur@lagetur.com
MATRIZ EM LAGES (SC)
Rua Frei Rogério 20 / Centro
88502-160 / Lages - SC
Fone: (49) 3221 5800 / Fax: (49) 3221 5810
lagetur@lagetur.com.br
 
FILIAL EM FLORIANÓPOLIS (SC)
AV. Osmar Cunha 183 / Ceisa Center - Loja 23
88015-900 / Florianópolis - SC
Fone / Fax: (48) 3224 2264
lagetur@lagetur.com